Sunday, July 10, 2005

Andando de Taxi.

Andando de de táxi em Dubai eu me sinto em Nova York.
Não, não é porque os arranha-céus daqui me lembram a Grande Maçã, mas sim por que nenhum motorista de táxi é daqui.
Aliás, eu desconfio que são os mesmos.
São caras do Paquistão, Sri Lanka, Índia, Afeganistão...
Na verdade todos parecem ser o mesmo cara - é como se eu estivesse num episódio de Além da Imaginação em que o mesmo dia se repete sem fim - ou no dia da marmota.
Existem dois cartões postais reconhecidos por qualquer um que passa por Dubai: o Burj Al Arab e as Emirates Towers - que é onde eu trabalho.
Não é que na última quinta eu peguei um táxi na frente do hotel e o desgraçado - eu tenho certeza que eu já tinha visto ele - não sabia como chegar?
O que fazer com um sujeito desses? O pior é que de manhã é quase sempre impossível arrumar um táxi, ainda mais com o calor e a umidade. E minha idéia de diversão não é chegar no trabalho parecendo um picolé em um dia de verão. Peguei o maldito táxi.
E tive que explicar para o energúmeno (eta palavrinha!) como chegar. Quando chegamos pensei em falar para ele para gente rachar o preço da corrida, mas deixei por isso mesmo.
Um motorista de táxi que não conhece a cidade foi a coisa mais exótica que encontrei aqui até agora.

1 comment:

Daniela Collins said...

Pois eh irmao... eu sei exatamente o que voce passa ai com os sotaques diferentes... passei a mesma coisa qdo moramos perto de DC.. nao eh facil levar as roupas para uma lavanderia aonde o dono e geralmente um Koreano ou Indiano que tem empregados chineses ou mexicanos e tentar explicar pra eles que o preco da lavanderia vizinha eh melhos do que o deles... voce acaba pagando o preco da diferenca de sotaque e pagando ainda mais caro do que imaginou pagar inicialmente... o bom eh que eles todos sorriem qdo nao entendem nada que voce perguntou e tambem qdo respondem sua pergunta e voce nao entende nada do que eles responderam... Frustrante? Nao tanto qto indo pegar as camisas de trabalho que estao engomadas com Heavy Starch (literalmente petrificadas) qdo voce tinha certeza de que eles tinham entendido que voce nao queria NENHUMA STARCH!!!!
Licao aprendida... nunca pronuncie a palavra que voce nao quer que aconteca... hahaha
MUITA SAUDADE!!
Que a FORCA (eh foda nao ter acento) esteja sempre com voce...
Te adoro irmao!
Dani