Saturday, February 18, 2006

Mais uma sobre os brasileiros.

Ontem fomos a um churrasco da comunidade brasileira - ou parte dela - no Jumeirah Beach Park. Este é um parque muito arrumadinho que a gente paga para entrar - 20 Dirhams o carro (uns 14 reais) e tem tudo que a gente precisa: praia bonita limpa, banheiros muito limpos (supresa!), lanchonetes, gramados e churrasqueiras.
Na sexta-feira, que é final de semana para todo mundo, fica muito cheio.
Quem organizou foi a Luciana e o André e mais uma leva de brasileiros novos apareceu.
Não faltou nada. Teve picanha até dizer chega, salada (para as meninas, claro), linguiça - de frango, franguinho do bom, pãozinho francês (aqui tem), sambinha e até umas biritas mocozadas que a galera trouxe disfarçada.
Brasileiro é realmente um povo festeiro e conversador. Ontem conversei com umas 10 pessoas novas que fazem umas 11 coisas diferentes. Fora os comissários da Emirates Airlines que dominam o pedaço todo mundo tem ocupações diferentes.
Tem gente que trabalha na Sadia, especialistas em ar-condicionado - instalações imensas, não assistência técnica, engenheiros trabalhando em campos de petróleo que passam um mês no deserto e um mês de folga, gente trabalhando com importação de produtos brasileiros e por aí vai.
Todos interessantes e gente-fina.
A algazarra foi tanta que começaram a aparecer brasileiros do nada - gente que não tinha ainda travado contato com a comunidade e que estava ansiosa para ouvir umas palavrinhas em português. Isso me fez duvidar que existam tão poucos brasileiros aqui na região.
Eles podem ser poucos, mas fazem um barulhão.
E conseguem arrumar picanha.
Acho que Dubai ainda tem salvação. Falta arrumar pão de queijo.