Friday, April 21, 2006

Toto, we are not in Kansas anymore...

Como é a sensação de estar do lado de um múlti-bilionário? E como é a sensação de encontrar por acaso o governante de um país andando num shopping?

Como algumas pessoas já devem saber, a agência onde eu trabalho fica nas Emirates Towers - por enquanto os prédios mais altos de do Oriente Médio.
Por acaso o CEO de Dubai - como o Sheikh Mohammad gosta de ser chamado - tem um escritório aqui.
Também por acaso ele é o dono do prédio.
Eis que esta semana eu estava voltando de um almoço no McDonald's (é junk food é como um vírus, se espalha para todo lado), que fica fora das torres e entrei pelo shopping que fica na base dos prédios. Um shopping ultra-sofisticado e caro onde estão as marcas mais cobiçadas desta fútil indústria do luxo.
Então eu vejo um grupo de 3 carinhas usando as dish dashas - aquela roupinha de petromilionário ou de árabe de carnaval, dependendo do seu universo de referência - andando ali na maior tranquilidade.
E o cara do centro era O Cara.
Sheikh Mohammad himself. Andando na boa como um mero mortal - ou assalariado.
Sem segurança, sem dezenas de repórteres seguindo, indo bater um rango no Scarlett's - um restaurante que eu considero meia-boquérrimo com estilo americano: hambúrgueres, pizza, uns troços de frango e um monte de appetizers caros.
E o cara estava pedindo uma mesa para a hostess.
Já imaginou ela: "mesa para 3, fumante ou não fumante? A espera é de 20 minutos, tudo bem para o senhor?"
A gente vive tão emparedado no Brasil que é estranho levar uma vida normal ou ver alguém levando uma vida normal - especialmente se esta pessoa é completamente anormal.

Alá Lá Ô, Ô, Ô, Ô, Ô, Ô, Ô...

3 comments:

Denise Erbolato said...

Saudades de Judy Garland...

Anonymous said...

I'm impressed with your site, very nice graphics!
»

Anonymous said...

This site is one of the best I have ever seen, wish I had one like this.
»